Pilotos em desacordo na introdução do halo protetor nos F1

Pilotos em desacordo na introdução do halo protetor nos F1

COMPARTILHE
The best hosting you'll ever have


Generated by Carsales Image Server on 04:21.43 04/03/2016

A introdução dos halos protetores do cockpit dos carros de Fórmula 1 não é pacífica e uma boa parte dos pilotos não a deseja, ainda que a medida tenha sido testada no ano passado, depois da Federação Internacional do Automóvel (FIA) ter considerado que havia que fazer algo após a morte de Jules Bianchi no GP do Japão há dois anos.

Diversos dispositivos foram testados por vários pilotos no decorrer da temporada passada – sobretudo durante os treinos livres dos grandes prémios – procurando avaliar as vantagens e desvantagens dos mesmos.

Para já os pilotos conseguiram que a FIA adie a medida para 2018, sendo que a entidade federativa poderá voltar ao tema dentro de um ano.

Segundo a publicação alemã Auto Motor Und Sport das 16 perguntas enviadas pela FIA aos pilotos, sete deles votaram contra, cinco a favor e quatro abstiveram-se.

Uma decisão que não mereceu do campeão do mundo grandes comentários, a não ser que Nico Rosberg considera que é importante fazer sempre mais pela segurança na F1, que “melhorou tanto nos últimos anos”.


Comentários