Ela andava cansada que o marido trabalhasse até tarde… até descobrir isto...

Ela andava cansada que o marido trabalhasse até tarde… até descobrir isto na sua roupa suja…

COMPARTILHE
The best hosting you'll ever have

Muitas vezes desconfiamos das pessoas mais próximas, e por vezes chegamos mesmo a ser injustos com eles. Outras vezes até estamos certos, mas o melhor é mesmo confrontar as pessoas calmamente para saber a verdade, antes de nos precipitarmos.

Jonna Miller é uma mulher, mãe e casada, que ocupa o seu tempo com a escrita, e estava cansada de ver o marido a chegar mais tarde do que devia. Estava pronta para começar uma discussão, quando um dia reparou em algo estranho enquanto lavava a roupa. Ela relata o que realmente aconteceu:

“É uma coisa linda, não é? Encontrar o homem dos nossos sonhos, começar a passar o resto da nossa vida com ele e viver a nossa fantasia de infância de um ‘felizes para sempre’. Pelo menos é o que tenho lido em contos de fadas. Mas eu não me lembro do príncipe no conto de fadas ter as mãos rachadas e cheias de calos antes dos 30. Não me lembro do Príncipe faltar a jantares porque estava a trabalhar o tempo todo ou ir para a cama pouco depois de chegar a casa por estar tão exausto. Eu não me lembro de nada disso.

Estou casada com um homem que trabalha duro e eu estaria a mentir se dissesse que isso não me afeta. Às vezes, ele volta para casa muito depois das 5h e eu fico ao pé da porta para lhe poder gritar ‘disseste que ias a estar em casa às 5!’

Como se ele preferisse estar a trabalhar do que passar tempo comigo e com a nossa filha. Tornei-me irracional. Vou contra o meu melhor julgamento e deixo que a minha boca fale antes de pensar. Eu sei que o estou a colocar numa situação impossível. Ele literalmente não pode ganhar. Se ele não trabalhar até tarde, eu não terei o novo conjunto de mobiliário que TENHO que ter. Se ele trabalha até tarde, ele chega a casa para uma esposa irritada que está desesperada pela atenção dele. Eu sou tão egoísta no nosso casamento e tenho consciência disso. Mas, de vez em quando tenho os meus momentos “ahahah” e isso dá-me uma sensação de compreensão. Exceto, este momento, este momento foi diferente dos outros e mudou tudo para mim.

Era uma quarta-feira à noite e o meu marido trabalhava até muito mais tarde do que me tinha dito. O jantar dele já estava frio, eu coloquei-o no frigorífico e sentei-me no chão com a nossa filha. Nós brincamos com bonecas e lemos alguns livros, mas na minha mente tudo o que eu estava a pensar era “Ele vai ouvir das boas quando chegar a casa”. Eu ouvi a máquina de secar roupa a parar e, ao invés de dar-lhe outra volta para evitar dobrar a roupa como é meu hábito, decidi não fazer nada disso.

Eu tirei as roupas da máquina e atirei-as sobre a mesa da cozinha. Comecei a dobrar, pensando: ‘Porque é que ele não quer passar tempo comigo? Nós somos recém-casados, não é suposto estarmos na fase de lua-de-mel?’

Este tipo de pensamentos estão a consumir-me, agora tenho dois montes de roupas, as minhas roupas e as roupas dele. Olhei para as minhas roupas e vi-as tão vibrantes, limpas e novas. As dele estavam sujas, manchadas e rasgadas. Eu parei de dobrar e fiquei ali, a pensar.

Este homem dá-me mais do que o que eu mereço. Se eu lhe disser que quero algo, muito raramente me vai dizer não. Comecei a sentir um enorme sentimento de culpa e vergonha. Não pude deixar de sentir que falhei como esposa. Em vez de ser agradecida por ter um marido fantástico que cuida incrivelmente de mim e da nossa filha, eu espero que ele volte para casa discutir com ele. Eu sou mimada com os frutos do trabalho dele e ele anda com um par de cuecas rasgadas. Eu estava a agir como se ele estivesse a divertir-se com os amigos mas esta lavagem de roupa ‘contou-me’ uma história completamente diferente.

As mãos dele são estão ásperas. Eles tem bolhas e rachaduras. As roupas dele estão rasgadas, manchadas e sujas. No entanto, ele não se importa. O coração dele fica repleto quando chega a casa e a nossa filha corre até ele animadamente gritando “Papá!”.

Os sonhos dele tornaram-se realidade ao ser um homem de confiança e ser capaz de sustentar a sua família. Ele tem tudo o que sempre quis na vida…

Estou a trabalhar para ser mais branda com ele e uma esposa melhor. Claro que eu sinto falta dele e quero passar mais tempo com ele durante a semana, mas percebi que ele me oferece a mais bonita forma de amor que existe… ele trabalha para dar à nossa família tudo o que precisamos. Ele trabalha para que não lhes falte nada à esposa e à filha, mesmo que às vezes eu seja um pouco ‘azeda’ com ele.

Se tens um marido na tua vida que trabalha e não sabes o quanto ele te ama…

Lava-lhe a roupa! “

Uma boa lição para todos nós!

Comentários