Douro – O Rio Mais Bonito do Mundo!

Douro – O Rio Mais Bonito do Mundo!

COMPARTILHE
The best hosting you'll ever have

Património Mundial repleto de cultura, história e paisagens deslumbrantes. Assim é o Rio Douro, o rio mais bonito do Mundo!

 

Falar do Douro, o rio mais bonito do mundo, não é apenas falar de um rio ou de uma região. É muito mais do que isso… é falar toda a sua história e das suas gentes, que o tornam tão especial. Conhecer o Douro não é apenas visitar a região, é partir numa viagem à descoberta de um lugar único, com uma história, cultura e pessoas únicas.

Existem várias explicações para a origem do nome «Douro». Uma lenda conta que era costume ver-se rolar umas pedritas pequenas e brilhantes, que se veio a descobrir serem de ouro. Há quem diga ainda que o nome se deve à cor barrenta das águas do rio, consequência das grandes quantidades de detritos que as enxurradas arrastavam encostas abaixo e que por serem de um amarelo vivo lhe davam uma cor de ouro. Mas há ainda quem defenda que este nome deriva do latim «Durius», ou seja, «Duro», devido à dureza dos seus contornos tortuosos de escarpas altas e rochosas.

O rio Douro nasce na Serra de Urbión, no norte de Espanha, a cerca de 2000 metros de altitude. É o segundo maior rio de Portugal com um comprimento total de 927 km; em território português, este rio tem apenas 210 km de comprimento e é navegável ao longo de todo esse percurso, graças às cinco barragens que são, hoje em dia, também uma atracção devido ao seu desnível. A Barragem do Carrapatelo tem um desnível no nível da água de 35 metros, um dos maiores desníveis da Europa.

Foi este rio, em tempos muito estreito e perigoso, que trouxe prosperidade à região, visto que era através dele que se fazia o transporte do precioso néctar, o Vinho do Porto. Em séculos passados este rio representava um desafio e um perigo para os que nele navegavam. Estava repleto de fortíssimas correntes e pedras meias submersas. Nessa altura apenas um pequeno barco de madeira – o Rabelo – conseguia navegar nestas águas e fazer o transporte do vinho desde o Vale do Douro até à foz, em cujas margens se situam as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia.

A mais antiga região demarcada de vinho do mundo é também uma paisagem de rara beleza e de uma importância histórica indiscutível. Como tal, foi considerada pela Unesco como Património da Humanidade em 2001. Em 1756, foi criada a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro e aquela que viria a ser a primeira região vinícola demarcada do mundo, o Douro.

A classificação do Alto Douro Vinhateiro como Património da Humanidade obedeceu a uma serie de critérios, entre os quais, o facto de ser uma região que produz vinho há cerca de 2000 anos e cuja paisagem, para além ser de uma obra de arte da natureza, é também o resultado do trabalho árduo do Homem, que a moldou para a tornar naquilo que hoje em dia é. Para além disso, esta região vinícola de longa tradição na produção de vinho transformou-se numa paisagem de uma beleza inigualável que reflecte a sua evolução tecnológica, social e económica.

Da área classificada fazem parte 13 municípios, que, para além dos vinhedos, fornecem o contexto cultural e histórico em que se desenrola a vida desta região. É uma área rica em termos de património arquitectónico, o qual terá a oportunidade de admirar ao visitar a região.

No meio de montes, quintas e vinhas destacam-se grandes casas senhoriais do século XVIII, com as suas fachadas imponentes que demonstravam a importância das famílias que nelas habitavam. De quando em quando são visíveis alguns núcleos urbanos, dos quais se destacam as cidades da Régua, Lamego e ainda Vila Real, embora um pouco mais distante das margens do rio.

Já na Idade Média Lamego estava ligado à produção de vinho, o Vinho Doce de Lamego, como era então conhecido. Para além disso, tornou-se também num importante centro religioso, como se pode comprovar pelo património arquitectónico que nos chegou até hoje e do qual são exemplos a Catedral de Lamego, a Igreja de Santa Maria de Almocave, Igreja de Santa Cruz e o Santuário da Nossa Senhora dos Remédios, cuja romaria em Setembro atrai milhares de pessoas a esta cidade.

Douro, uma região vinícola de uma beleza indescritível, à espera da sua visita!

Fonte: www.vortexmag.net/douro-o-rio-mais-bonito-do-mundo

 

Comentários