“A revista Cristina continua” e o seu fim “nunca foi equacionado”

“A revista Cristina continua” e o seu fim “nunca foi equacionado”

COMPARTILHE
The best hosting you'll ever have

De regresso da Tailândia, onde esteve a passar férias, Cristina Ferreira apresentou uma novidade: o surpreendente fim da sua revista dá lugar à não menos surpreendente continuidade.

Cristina Ferreira não vai encerrar a revista, apesar de inúmeras notícias terem dado esse cenário como inevitável. O fracasso do projeto não passou de uma montanha de notícias nada rigorosas.

“A parceria com a Masemba acaba, mas a revista Cristina continua. E continua porque nunca foi equacionado sequer o seu fim”, revela a apresentadora, que assumirá a liderança total da publicação.

“Eu sou a minha própria editora a partir de agora. Eu constitui-me como editora há algum tempo, este é um projeto que está a ser trabalhado há alguns meses, é um projeto que surge daquilo que nós entendemos para o crescimento da revista”, salienta.

“Percebi que o nome ‘Cristina’ tem, neste momento, um impacto. E que foi muito aliciante para alguns escrever neste últimos dias e associar ao nome ‘Cristina’ às palavras fracasso, problema, fim”, prossegue, num recado a algumas opiniões.

A apresentadora da TVI sustenta ainda que não é “uma máquina”, mas que a palavra “falhar” não consta do seu dicionário.

“Aquilo que mais gostava era de poder falhar. Era de poder errar. Era de tentar e não dar certo. E não importa”.

E porque as notícias morte da revista eram exageradas, surgem novidades. A publicação continuará a ser editada e vai fortalecer-se, com uma aplicação e com tradução em inglês, para ser lida fora das fronteiras.


Comentários